Princípio da Conservação da Energia
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos

Princípio da Conservação da Energia

Qualquer movimento ou atividade é realizado através da transformação de um tipo de energia em outro ou em outros, isto é, através da transformação energética (não há criação nem destruição de energia).

 

Vejamos alguns exemplos:

 

Para uma pessoa correr, nadar ou levantar um peso, sua energia é transformada em calor e movimento. Essa energia provém dos alimentos ingeridos e do ar que ela respira. Se o alimento ingerido for um vegetal verde, obtém-se essa energia através de um processo chamado fotossíntese. Quando uma pessoa ou um animal se alimenta desses vegetais, essa energia fica armazenada em suas células, permitindo a realização de atividades musculares.

 

Nas usinas hidrelétricas, a energia potencial da água transforma-se em energia cinética e movimenta as turbinas acopladas a geradores elétricos. Nas usinas termoelétricas, a energia necessária para aquecer a água provém de combustíveis derivados do petróleo ou carvão.

Nas nucleares, utiliza-se como combustível o urânio. A finalidade dessas usinas é transformar essas energias (potencial gravitacional, potencial química ou potencial nuclear) em energia elétrica, que terá outras formas nas residências, hospitais e indústrias. Um liquidificador a transformará em energia cinética; uma lâmpada, em energia térmica e luminosa; um rádio, em energia sonora, etc.

Para um carro avançar, ele tem de transformar em energia cinética parte da energia que provém do combustível.

Nos automóveis, as baterias produzem energia elétrica através de reações químicas. Essa energia é transformada em movimento no motor de arranque, em luz de faróis e em energia sonora na buzina.

 

A principal fonte de energia que utilizamos é a energia solar. A radiação solar é responsável pela produção dos alimentos vegetais, do carvão, do petróleo, da evaporação, dos ventos etc.A energia do sol e de outras estrelas é devida a reações exotérmicas de fusão nuclear.

 

  Assim, podemos enunciar o princípio da conservação da energia:

 

A energia não se cria nem se destrói, mas apenas se transforma de um tipo em outro, em quantidades iguais.

 

Energia mecânica total

Denominamos energia mecânica total de um corpo a soma das energias cinética e potencial, isto é:

EM = EC + EP

Nesta fórmula, a parcela EP inclui a energia potencial gravitacional e a energia potencial elástica.


Princípio da Conservação da Energia Mecânica

Vamos estudar agora os sistemas conservativos, isto é, sistemas isolados em que as forças de interação são conservativas, ou seja, não se consideram as forças dissipativas como o atrito e a resistência do ar.

  Quando o trabalho das forças dissipativas é resistente, há uma perda de energia mecânica. A esta perda, que é irreversível, denomina-se dissipação. O trabalho realizado pelas forças dissipativas mede a energia mecânica que se dissipa geralmente para a forma térmica e, mais raramente, para outras formas.



© 2010 Todos direitos reservados.